SEXUALIDADE

04/11/2013
O novo manual do sexo

Na geração dos nossos pais e avós, a sociedade tinha uma série de regras sobre a quem e em que condições era permitido fazer sexo. Desde a descoberta da pílula anticoncepcional, essa regulação dos pré-requisitos para o ato sexual vem caindo em desuso. Entretanto, na medida em que a simples relação sexual vem deixando de ser tabu, paradoxalmente, vemos crescer, nas últimas décadas, um novo conjunto de regras sociais a respeito do comportamento sexual. A nova moda é ditar como o sexo deve ser feito.

Paremos para refletir: quando você vai pra a cama, o que imagina que deve acontecer? Se você for homem, provavelmente gostaria de apresentar uma imediata e persistente ereção, seguida de um bom controle ejaculatório e, de preferência, que sua companheira atinja o clímax graças às suas habilidades na arte do amor. Certo? Se você for mulher, é provável que espere as mesmas coisas acima, e ainda que o ato seja precedido por interessantes carícias preliminares e finalizado necessariamente com um orgasmo, de preferência obtido através da penetração... pensando melhor... vários! Se tudo isso puder ser feito com muita disposição física, em posições criativas, pelo menos três vezes por semana, temos a receita de uma vida sexual satisfatória.

Como é comum acontecer sempre que temos regras muito rígidas, a maior parte das pessoas não consegue se adequar ao novo código de conduta sexual. Ultimamente, temos homens saudáveis que precisam de uma certa pilulinha azul e mulheres se perguntando onde foi parar o desejo. As queixas sexuais se multiplicam nos consultórios e a indústria farmacêutica trabalha avidamente em novos lançamentos.

O sexo virou mais uma das situações em que a nossa geração tem que mostrar desempenho. O que começou livre com revolução sexual dos anos 60, aos poucos, corre o risco de virar mais uma tarefa... mais uma daquelas que simplesmente não conseguimos dar conta. O que talvez valha a pena refletir é por quê e para quê?

Dra. Aline Sardinha - Psicóloga clínica e Coach (CRP/05:34.146).









COMPARTILHE:

COMENTÁRIOS
Nome: Mensagem:
E-mail:
Informe esse número ao lado:
trocar imagem